quinta-feira, 13 de julho de 2017

Mídia: Diferença de R$ 1 bi faz Ceará ampliar controle sobre cartões

Em mais um esforço para combater a sonegação fiscal no Ceará, a partir de agosto, a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz) vai aumentar o controle sobre as vendas que as empresas locais efetuam por meio de cartões de crédito e débito. Agora, o acompanhamento será mensal porque, de janeiro de 2015 a dezembro de 2016, o governo identificou diferença de mais de R$ 1 bilhão entre os valores de faturamento declarados por 1.011 contribuintes e as cifras das operações fornecidas pelas administradoras de cartões para as respectivas transações.


segunda-feira, 10 de julho de 2017

BA: Canal Verde moderniza fiscalização e reduz tempo de entrega de cargas

Prazo foi reduzido em até dois dias pelo projeto da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz-Ba), que integra as ações do programa Sefaz On-line.

Funcionário da transportadora Braspress há 11 anos, o caminhoneiro José Maria de Medeiros viu seu trabalho ficar mais ágil após a adesão da empresa ao Canal Verde Bahia, projeto implantado pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) para agilizar a fiscalização de mercadorias em trânsito. Medeiros conta que, antes do Canal Verde, a cada passagem por um posto fiscal ele tinha que parar para apresentar toda a documentação em papel, e a conferência às vezes durava um dia inteiro, principalmente quando era encontrada alguma inconsistência. “Hoje, com o selo do Canal Verde no veículo, meu tempo médio de permanência em um posto é de dez minutos”, garante o caminhoneiro.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

BA: Operação Ouro Verde, da Sefaz, gera R$ 2,8 milhões em autos de infração

A ação fiscal no Extremo Sul do Estado, que se estende até o final de junho, combate a sonegação tem como foco produtos como café, bebidas alcoólicas, água mineral, isotônicos, carnes, alimentícios, combustíveis, medicamentos, entre outros.

Deflagrada em maio pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) para combater a sonegação no extremo sul da Bahia, em especial nos municípios de Teixeira de Freitas e de Itamaraju, a operação Ouro Verde emitiu, no primeiro mês, 87 notificações fiscais, totalizando R$ 2,8 milhões em autos de infração que incluíram débitos com o ICMS e multas. A operação, que se estende até o final de junho, tem como focos os produtos com maior incidência de sonegação na região, como café, bebidas alcoólicas, água mineral, isotônicos, carnes, alimentícios, combustíveis e medicamentos.